Falta de aulas de inglês para negócios causou o “Pibinho” do Brasil!

Granja Viana, Cotia – Segundo a Harvard Business Review (HBR) e o Índice de Proficiência de Inglês da EF, existe uma direta correlação entre a fluência no inglês e desempenho econômico dos países onde o inglês não é língua oficial. Por incrível que pareça, a fluência no inglês da população aumenta a renda nacional bruta, o PIB e até a renda per capita do país.

Mais, segundo Christopher McCormick da HBR, uma maior fluência no inglês, possibilita aos indivíduos melhores salários e oportunidades muito mais vantajosas para recolocações profissionais. Além disso, contribui enormemente para aumentar a qualidade de vida.

Por fim, não é só a qualidade de vida e a receita que aumentam com mais aulas de inglês para negócios, mas também a educação e a expectativa de vida, conforme o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) das Nações Unidas.

Mais informações: www.inglesbullmarket.com.br

 

 

This entry was posted in Artigos. Bookmark the permalink.