Metodologia


Aulas de caráter eminentemente prático, com ênfase na comunicação verbal, aprimoramento da pronúncia, fluência e desenvolvimento do discernimento crítico através de estudos de caso, uso de vocabulário específico e mais sofisticado, com correção de erros relacionados ao uso de tempos verbais, preposições, soletramento e expressões idiomáticas.

Os exercícios propostos nas aulas são baseados na compreensão, prática e uso de habilidades linguísticas, resolução de problemas, simulação, e dramatização (“role-play”).

Um programa específico (sylabbus) é criado para o aluno, mostrando o conhecimento a ser adquirido pelo aluno ao final das aulas, a ordem do aprendizado, os materiais didáticos utilizados, a clareza, intensidade e frequência do aprendizado e a programação das aulas.

 As aulas são elaboradas de acordo com os parâmetros educacionais europeus do CEF (Common European Framework).

A saber:

A1 Iniciante

O nível mais elementar de uso da língua. O estudante interage de maneira bem simples, fazendo e respondendo perguntas sobre si, local de residência, pessoas conhecidas, coisas que fazem fornecem respostas às necessidades mais imediatas ou familiares.

A2 Básico

Nesse nível estudantes conseguem socializar através de formas simples de conduta social, como saudações e fornecimento de endereço, reagem ao noticiário, conseguem conversar sobre suas atividades profissionais, propõem e aceitam ofertas. Da mesma forma, estudantes conseguem fazer compras, ir ao banco, usar os transportes, pedir e dar informações.

B1 Intermediário

Este nível é caracterizado pela habilidade de interagir e expressar suas opiniões, ter capacidade para seguir e participar em discussões mais elaboradas, saber lidar de maneira mais flexível com os problemas do cotidiano e enfrentar situações incomuns.

B2 Usuário Independente

Maior enfoque na argumentação, discurso social mais efetivo, gerencia melhor a conversação, fornece feedback, consegue acompanhar opiniões de terceiros, ajuda a enriquecer o debate. É coerente e sabe usar conjunções, amarrar ideias e argumentar.

C1 Proficiência

Bom repertório de linguagem, que permite comunicação fluente e espontânea. Tem bom comando da língua, preenchendo rapidamente brechas com um número até exagerado de palavras. Enfrenta dificuldades apenas com assuntos de maior complexidade.

C2 Domínio Pleno

Nível caracterizado por uma ampla gama de recursos, com grau elevado de precisão e pertinência linguística, uso de expressões idiomáticas e coloquiais com percepção de sentido.